Melhor Chuveiro Elétrico de 2019

Nada como chegar em casa, depois de um longo dia cansativo, e poder tomar aquele banho gostoso e relaxante. Para isso, é claro, um chuveiro elétrico potente e com boa vazão de água se faz necessário.

Mas, como escolher, entre tantas opções, o melhor modelo para sua casa ou apartamento? Pensando nisso, selecionamos 5 produtos populares entre duchas e chuveiros para detalhar as principais características e, desse modo, chegar ao aparelho de melhor performance e aquele que apresenta o melhor custo-benefício. Dê uma olhada rápida neles:

Melhores Chuveiros Elétricos de 2019

  • Acqua Duo Branco Lorenzetti
  • Maxi Ducha Lorenzetti
  • Multitemperatura Futura Lorenzetti
  • Acqua Jet Ultra Branco
  • Multitemperatura Relax Branco Lorenzetti

É hora, então, de entendermos os elementos centrais da escolha de um bom chuveiro elétrico. Confira!

Chuveiro Elétrico

O chuveiro é um dos eletrodomésticos mais utilizados nos lares. Todo dia, pelo menos uma vez, ele é usado por cada uma das pessoas que mora naquela casa ou apartamento.

Sua potência, a capacidade de esquentar e de dividir o jato d’água são fundamentais para proporcionar um banho relaxante e completo.

Mas, mesmo com todas essas importantes e diárias atribuições, os chuveiros e as duchas são frequentemente subjugados nas escolhas domésticas.

Enquanto elementos como churrasqueiras elétricas, pipoqueiras elétricas e batedeiras planetárias, que não são de uso constante, receberam vários incrementos e tecnologias ao longo do tempo, os chuveiros tiveram poucos acréscimos reais de funções.

Além disso, mesmo sendo usado por horas a fio durante o mês, pouco sabemos sobre suas características principais ou a ela prestamos atenção, na hora da compra de um novo produto para o banheiro.

Isso ficará para trás, agora!

A começar, você sabe a diferença entre duchas e chuveiros?

Apesar de terem a mesma função – o banho -, esses dois aparelhos têm algumas pequenas distinção entre si. Assim:

Ducha: é fixa à parede de forma direta, sem precisar de fios elétricos ou encanamento. Tem 2 registros para temperar a temperatura da água enquanto ela sai do aparelho. Pode aquecer via eletricidade, energia solar ou por gás.

Chuveiro elétrico: precisa de um cano e fios elétricos para ser instalado. Portanto, precisa ter instalação elétrica por perto. Usa a resistência elétrica para aquecer a água antes mesmo de ela sair do aparelho precisando, para isso, de somente um registro.

Alguns aparelhos de banho contam com as duas funções ao mesmo tempo, associando os benefícios de ambas as modalidades.

Agora que você já sabe a diferença entre eles, conheça os principais elementos para o bom funcionamento do chuveiro elétrico:

  • Consumo de energia
  • Potência
  • Opções de temperatura
  • Pressão mínima e máxima

Consumo de energia

O chuveiro elétrico pode ser considerado o eletrodoméstico que mais consome energia por hora, entre os demais utilizados em uma casa. Por isso, tratando-se de um produto de uso fundamental e diário, é preciso ficar atento ao gasto de kW por hora deste aparelho. E, assim, conseguir encontrar o que tenha melhor custo-benefício para você e sua família.

Dentre os 5 modelos analisados, nesta seleção, o consumo energético fica entre 3,2 kW/h e 7,8kW/h. Essa diferença se dá pela voltagem e potência de cada um dos produtos.

Quanto maior o “esforço” para o chuveiro aquecer a água, maior será a energia utilizada e, portanto, o gasto na conta de luz. Assim, pessoas que moram cidades muito frias, onde tendem a ser mais usadas as altas temperaturas do equipamento, o consumo energético tende a ser maior.

O mesmo vale para a situação oposta: se o esforço para o chuveiro aquecer a água for baixo, o gasto de energia também será menor, em função do pequeno uso de energia.

Para encontrar essa informação, você pode pesquisar pela potência do aparelho. Ela informa o trabalho energético que o equipamento produz em Watts (W). QuiloWatts (kW) é a medida de mil Watts – como 1 quilômetro equivale a mil metros.

Portanto, para você encontrar o consumo energético médio, por hora, do chuveiro, divida o calor da potência por mil. Por exemplo, um chuveiro X tem potência de 5.500W, logo, tem consome 5,5kW por hora de uso.

Faça esta conta e calcule quantas horas em média, por mês, os membros de sua casa utilizam o chuveiro e tenha, assim, um valor mensal em kW por chuveiro.

Potência

Como vimos na característica de “Consumo de Energia”, a potência de um eletrodoméstico determina o quanto aquela aparelho é capaz de trabalhar. Ou seja, no caso específico do chuveiro, isso quer dizer o quanto ele consegue aquecer a água antes mesmo de ela chegar ao corpo de quem toma o banho.

Desse modo, podemos dizer que quanto maior a potência do chuveiro elétrico, maior a sua capacidade de aquecer e, portanto, mais facilmente ele chegará a temperaturas elevadas.

Dentre os modelos analisados, a potência variou entre 3.200W e 7.800W, de acordo com voltagem e características diferenciadas.

Opções de temperatura

No geral, os chuveiros elétricos apresentam 2 formas de controlar a temperatura: multitemperatura ou eletrônico.

O controle multitemperatura tem 3 temperaturas: verão, inverno e “desliga“. Há, ainda, os modelos mais modernos, que conseguem alcançar temperaturas ainda mais quentes, na função “muito quente” ou “super quente”.

Para períodos de temperaturas amenas, em que não se faz tanto frio, o ideal é manter o aparelho na temperatura “verão”. Nela, a água sai morna, sofrendo menor aquecimento por resistência elétrica e, assim, o chuveiro consome menos energia para funcionar.

Em climas frios, a função “inverno” é o recurso que temos para tomar um banho quentinho. Como, porém, o eletrodoméstico precisa de mais energia para esquentar a água, o consumo energético é maior nessa função.

Já para aqueles lugares onde a temperatura realmente cai muito, o ideal é optar por chuveiros que tenham a 4ª opção “muito quente”. Com essa possibilidade, a água sairá do aparelho bem aquecida, melhorando a experiência do banho. Nesta temperatura, desse modo, o gasto na conta de luz será ainda maior do que o apresentado em “inverno”.

Quando, porém, o eletrodoméstico está selecionado em “desliga”, quer dizer que ele não está usando energia elétrica alguma para aquecer a água. Portanto, não há consumo de energia elétrica e a água sairá em temperatura ambiente.

Para temperar a água em mais quente, morna ou fria, basta selecionar a modo e ir controlando a saída de água pelo registro. Quanto menos sair, mais alta será a temperatura. E, da mesma forma, o jato maior de água tende a ser menos quente.

Além dessas opções de selecionar um grau de temperatura específico, existem aparelhos que funcionam com controle eletrônico. Por meio dele, ocorre uma transição gradativa entre frio, morno e quente, de maneira mais suave e menos impactante. Modernos chuveiros utilizam esse controle.

Pressão mínima e máxima d’água

Outro dado relevante, ao buscar pelo seu novo chuveiro elétrico, é saber qual a pressão mínima e máxima exigida de água.

O recurso hídrico vem de uma fonte – que pode ser o abastecimento público vindo da rua ou de poços artesianos, por exemplo. Dele, passa para a caixa d’água, que o distribuirá entre as torneiras, descargas e chuveiros da casa, dentre outros usos.

Para que a água saia em boa quantidade pelo chuveiro, ela precisa apresentar boa pressão. Se estiver muito perto da caixa, a água sairá com pouca pressão do aparelho.

Assim, foram criados eletrodomésticos que compensam a falta de pressão, com um recurso chamado pressurização. Ele equilibra esta ausência permite que o equipamento funcione adequadamente.

Mas, quando a necessidade de pressão do chuveiro está dentro do que a casa oferece, não é preciso recorrer a esta funcionalidade.

Para saber como escolher o chuveiro adequadamente, você pode começar calculando quantos metros existem de distância entre a caixa d´água e o eletrodoméstico. Guarde este número.

Em seguida, veja qual a indicação de pressão mínima e máxima exigida para o modelo que você está pesquisando.

Verifique, agora, se a distância da sua caixa d’água até o chuveiro, em metros, fica entre o mínimo e o máximo de pressão exigido. Este dado aparece ao lado da sigla m.c.a, que significa metros de coluna d’água.

Se não atender, busque por outro modelo ou veja se ele pode fazer pressurização. Se estiver tudo de acordo, seu chuveiro funcionará com boa queda d’água.

Por exemplo: a distância entre a caixa d’água de um apartamento é de, aproximadamente, 15 metros.

O chuveiro exige pressão mínima de 1 m.c.a e, máxima, de 20 m.c.a..

Assim, essa é uma boa opção a ser escolhida já que os 15 metros de distância ficam dentro da pressão esperada para o bom funcionamento do aparelho.

Review dos Melhores Chuveiros Elétricos de 2019

Já vimos, até aqui, quais as principais características de um chuveiro elétrico e como podemos definir os melhores índices de cada uma delas.

Assim, avaliar qual o consumo elétrico do aparelho é importante para comparar com outros modelos e, também, para escolher aquele que apresente o ótimo custo-benefício.

Uma característica que está intimamente ligada ao gasto de energia elétrica é a potência do eletrodoméstico. No chuveiro, em especial, ela indicará o quanto o aparelho consegue aquecer a água.

Outro importante elemento a se atentar, ao buscar por um novo chuveiro, é saber como ele controla e quantas as opções de temperatura ele disponibiliza. Assim, você pode se deparar com produtos de controle eletrônico ou multitemperatura e aparelhos com 3 ou 4 níveis de aquecimento.

Por fim, para um banho perfeito e com aquele caimento ideal d’água, é importante descobrir a distância entre o chuveiro e a caixa d´água. E, em seguida, deve-se conferir se ela se encontra dentro dos níveis mínimo e máximo de pressão de água.

Com todos esses dados em mãos, ficará muito mais fácil de descobrir qual o modelo certo para você e sua família!

Além disso, separamos informações como avaliação de usuários para definir qual o melhor chuveiro elétrico e aquele que tem o melhor custo-benefício. Confira!

Lorenzetti Acqua Duo

Chuveiro Lorenzetti Acqua Duo

Características do Chuveiro Elétrico:

  • Consumo de energia elétrica:
    127V = 5,5kW
    220V = 6,8kW/h a 7,8kW/h
  • Potência:
    127V = 5.500W
    220V = de 6.800W a 7.800W
  • Opções de temperatura: 3
  • Pressão de funcionamento: de 1 m.c.a a 40 m.c.a

A Lorenzetti é, de longe, um destaque em duchas e chuveiros. É o caso do modelo Acqua Duo.

Ele é, ao mesmo tempo, ducha e chuveiro. Assim, pode ser afixado diretamente na parede, funcionando, também, por gás ou energia solar.

Além disso, como ducha, ele apresenta um jato direcionável e concentrado. Já na função de chuveiro, você pode se deliciar com a água totalmente espalhada por toda a extensão do aparelho.

Você pode contar, ainda, com o D.R.I, dispositivo de regulagem de inclinação ajustando, assim, o aparelho confortavelmente para seu uso.

De fácil instalação, o Acqua Duo vem em um moderno design quadrado que irá combinar com banheiros bem estilosos.

Seu controle eletrônico permite mudar entre as 3 opções de temperatura fora de sustos e confortavelmente.

Além disso, dispensa o uso de pressurizador, com sua tecnologia Press Plus, que garante maior pressão.

Por fim, ele vem com a moderna Loren Ultra, que é a resistência de alta durabilidade de Lorenzetti.

Prós

  • Fácil de instalar
  • Mudança gradual de temperatura
  • Potente
  • Multiuso
  • Direção regulável
  • Silencioso

Contras

  • Chuveirinho frágil
  • Alto gasto energético

Lorenzetti Maxi Ducha

Maxi Ducha Lorenzetti

Características do Chuveiro Elétrico:

  • Consumo de energia elétrica: 127V ou 220V = 3,2kW/h a 5,5kW/h
  • Potência: 127V ou 220V = 3.200W a 5.500W
  • Opções de temperatura: 3
  • Pressão de funcionamento: de 1 m.c.a a 40 m.c.a

A Maxi Ducha, da Lorenzetti, é aquele modelo para quem precisa de uma ducha básica e com ótimo preço, mas que atenda às funções principais.

Portanto, esse tradicional produto vem com a nova resistência Loren Ultra, que promete maior durabilidade e desempenho.

Ela vem, ainda, com um espalhador de bom tamanho, que divide o líquido de maneira uniforme por todo o aparelho, proporcionando, assim, um banho mais gostoso.

Em 3 diferentes opções de temperatura, o eletrodoméstico utiliza seletor manual para fazer a escolha entre eles.

Apesar de ficar na lanterna em potência, esse aparelho apresenta o menor custo de aquisição e o mais baixo consumo energético por hora.

Portanto, é uma boa opção para quem não quer gastar muito, mas garantir um produto que cumpre com suas funções básicas.

Prós

  • O mais econômico entre os modelos
  • Baixo custo de aquisição
  • Ótimo custo-benefício

Contras

  • Baixa potência

Lorenzetti Futura Multitemperatura

Lorenzetti Futura Multitemperatura

Características do Chuveiro Elétrico:

  • Consumo de energia elétrica:
    127V = 5,5kW
    220V = 6,8kW/h a 7,5kW/h
  • Potência: 127V = 5.500W
    220V = de 6.800W a 7.500W
  • Opções de temperatura: 4
  • Pressão de funcionamento: de 1 m.c.a a 40 m.c.a

Com design super estiloso, Futura Multitemperatura é aquele modelo que vai fazer a diferença na decoração do seu banheiro.

Por ser ducha, não precisa de cano para sua instalação, podendo ser afixada diretamente à parede – o que também confere um visual muito bonito.

Além disso, é compatível com aquecimento solar e outros sistemas de aquecimento, trazendo mais modernidade e economia para o seu banho.

Potente, conta com 4 opções diferentes de temperatura que garantirão o melhor uso do seu eletrodoméstico em todas as estações do ano.

Os jatos de água são muito bem espalhados, proporcionando aquele banho delicioso, com vazão e temperatura na medida certa.

Prós

  • Ducha e chuveiro
  • Design arrojado e moderno
  • Fácil instalação
  • Ótima potência
  • Esquenta na medida certa, entre 4 temperaturas

Contras

  • Pode consumir bastante energia elétrica

Custo
Benefício

Lorenzetti Acqua Jet Ultra 

Acqua Jet Ultra Branco

Características do Chuveiro Elétrico:

  • Consumo de energia elétrica:
    127V = 5,5kW
    220V = 6,8kW/h a 7,8kW/h
  • Potência: 127V = 5.500W
    220V = de 6.800W a 7.800W
  • Opções de temperatura: 4
  • Pressão de funcionamento: de 1 m.c.a a 40 m.c.a

Para quem está buscando um moderno e tecnológico chuveiro pode encontrar a solução no Acqua Jet Ultra, também da marca Lorenzetti.

Esse modelo conta com controle eletrônico entre as 4 temperaturas, fazendo uma passagem suave e gradual entre frio, morno e quente.

Empatado como a maior potência com o Acqua Duo, o Acqua Jet promete aquecer a água na temperatura certa para relaxantes banhos com seu jato concentrado.

Contando com a tecnologia Press Plus, ele não precisa de pressurizador. Além disso, também vem com a resistência Loren Ultra, que garante maior durabilidade e uso prolongado.

Ele tem o D.R.I. dispositivo de regulagem de inclinação, que permite direcionar melhor o seu jato d’água.

 Tudo isso vem embalado em um chuveiro elétrico de design moderno e impecável, pronto para decorar seu banheiro de forma super estilosa.

Prós

  • Suave passagem de temperatura
  • Maior durabilidade da resistência
  • Alta potência
  • Design moderno
  • Não precisa de pressurizador

Contras

  • Pode pingar quando desligado

Nossa
Escolha

Lorenzetti Multitemperatura Relax

Lorenzetti Multitemperatura Relax

Características do Chuveiro Elétrico:

  • Consumo de energia elétrica:
    127V ou 220V = 4,5kW a 5,5kW/h
  • Potência: 127V ou 220V = 4.500W a 5.500Kw/H
  • Opções de temperatura: 3
  • Pressão de funcionamento: de 1 m.c.a a 40 m.c.a

Este é um Lorenzetti para quem quer uma boa experiência com o chuveiro, mas não pode gastar muito.

Com design mais moderno e inovador do que o Maxi Ducha, ele também tem mais potência para aquecer os banhos diários.

Com seu jato multidirecional, o chuveiro Relax proporciona banhos mais relaxantes e em 3 confortáveis temperaturas.

Para aumentar a durabilidade da resistência elétrica, este modelo tem a Loren Ultra, que promete uso por mais tempo, em comparação com outras resistências do mercado.

É um chuveiro com boas funcionalidades para seu dia a dia, em um design moderno e com baixo investimento.

Prós

  • Bom preço
  • Design moderno e elegante
  • Bom custo-benefício

Contras

  • Não tem controle eletrônico
  • Não é tão potente

Qual o Melhor Chuveiro Elétrico?

Foram analisados 5 diferentes chuveiros e duchas da marca Lorenzetti. Foram eles:

  • Acqua Duo
  • Maxi Ducha
  • Futura
  • Acqua Jet
  • Relax

Com diferentes faixas de preço, todos apresentaram bons resultados. Assim, foram avaliadas as principais características de cada um deles, a fim se chegar ao melhor modelo.

Por isso, o consumo de energia elétrica foi comparado, bem como, a potência que faz a água aquecer.

Em seguida, verificamos como a temperatura é controlada e quantos níveis de aquecimento o produto oferece.

Por fim, vimos que todos os aparelhos da Lorenzetti aqui analisados apresentaram a mesma necessidade de pressão mínima e máxima para instalação.

Porém, alguns já não têm a necessidade do pressurizador e, portanto, podem ser instalados mesmo em lugares com longa distância entre o eletrodoméstico e a caixa d´água.

É o caso do Lorenzetti Acqua Jet que, além de ter a melhor potência – junto com o Acqua Duo -, tem controle eletrônico de suas 4 temperaturas e vem com resistência de maior durabilidade. Além disso, tem a melhor avaliação entre usuários, recebendo a nota máxima.

Portanto, o Lorenzetti Acqua Jet pode ser considerado o melhor chuveiro elétrico do ano.

Chuveiro Elétrico Custo-Benefício

Não basta, no entanto, que o chuveiro aqueça bem e tenha boa vazão de água para quem procura por um modelo com bom custo-benefício.

Como vimos, este eletrodoméstico apresenta um dos maiores consumos de energia elétrica, em kW por hora, entre todos os demais aparelhos.

Assim, é importante também verificar aquele que apresenta o gasto energético mais justo e equilibrado entre os 5 modelos aqui apresentados.

Outro dado importante é verificar o custo de aquisição. Dependendo da quantidade de funções que o produto for adquirindo, maior será o seu preço.

Portanto, encontrar aquele que tenha boas especificidades e, ao mesmo tempo, seja bom para o bolso também é fundamental para quem busca um ótimo custo-benefício.

Assim, o chuveiro elétrico que melhor se enquadrou tanto em consumo de energia elétrica, quanto em preço de aquisição e bom desempenho foi o Lorenzetti Futura.

Com um dos menores gastos energéticos, associado à boa potência e preço justo, este modelo tem o ótimo desempenho para o seu custo de aquisição.

O modelo é também ducha e, portanto, não precisa de cano para ser instalado no banheiro. Seu design moderno e refinado até parece ser de categorias mais caras de chuveiro.

Além disso, ele tem 4 diferentes opções de temperatura que, selecionadas de maneira correta, garantirão maior eficiência no uso da energia durante relaxantes e gostosos banhos.

Para você, quais são as características mais importantes na escolha de um bom chuveiro para sua casa: consumo de energia, potência, controle ou opções de temperatura?

Conte para a gente o que mais impacta na sua decisão e o motivo!

  • O Lorenzetti futura, nos contras ele apresentou que pode ter bastante consumo de energia, e nos comentários de vocês, ele é um dos mais econômicos, e aí?

  • >